MediaPrimer

2017-07-21
primerCOG testado com pleno êxito na Cáritas Diocesana de Coimbra

Num momento em que se assiste ao envelhecimento demográfico da população, com projeções que apontam a existência de 398 adultos idosos por cada 100 jovens em Portugal no ano 2050, e a idade é consensualmente considerada como um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de demência, nomeadamente da Doença de Alzheimer, a plataforma de estimulação e treino cognitivo primerCOG é uma resposta adequada à promoção do envelhecimento saudável.

O primerCOG é uma plataforma desenvolvida pela MediaPrimer, com o suporte científico do Centro de Neurociências de Coimbra, que pode ser utilizada quer por seniores saudáveis quer por seniores com perfis clínicos de demência. Sendo destinado à estimulação, manutenção e reabilitação cognitiva de seniores, primerCOG assume-se como uma ferramenta útil para especialistas em saúde mental, psicólogos e outros profissionais que acompanham indivíduos com diferentes níveis de deterioração cognitiva no contínuo entre as alterações cognitivas devidas ao envelhecimento normal e as alterações cognitivas patológicas ligeiras. É também uma ferramenta útil para todos os adultos e idosos que desejem potenciar as suas capacidades através do treino cognitivo.

Uma vez que é esperado que o número de pacientes com demência duplique a cada 20 anos, devendo atingir já em 2020 cerca de 42 milhões, constata-se que, para além de existir uma necessidade urgente de criar soluções que ajudem a mitigar os efeitos colaterais do envelhecimento, é também necessário investir mais em cuidados de saúde que contribuam para o envelhecimento bem-sucedido.

Como nos afirmou o responsável pela plataforma primerCOG e coordenador da equipa de investigação e desenvolvimento, Prof. Doutor José Carlos Teixeira “A MediaPrimer colocou ao serviço do envelhecimento com qualidade as suas competências em desenvolvimento centrado no utilizador, nomeadamente na construção de interfaces totalmente adaptadas a seniores que respeitam e consideram as características e condicionantes dos vários utilizadores finais. Face a este excelente trabalho, a MediaPrimer espera que este possa ser aproveitado pela sociedade. O consórcio Ageing@Coimbra pode ser um bom enquadramento para sedimentar mais este trabalho que resulta das competências científicas e tecnológicas existentes em Coimbra.”.

As atividades presentes na plataforma primerCOG permitem o treino cognitivo de múltiplos domínios cognitivos, nomeadamente memória, atenção, funções executivas e capacidade visuoespacial. A seleção das atividades de treino cognitivo, como por exemplo “Cálculos”, “Classificar cartões”, “Labirintos” e “Vi ou li antes”, envolveu a colaboração de uma vasta equipa de profissionais das áreas das Neurociências e especialistas em design, interfaces, experiências de utilização, informática, análise comportamental, análise de experiência de utilização de sistemas informáticos, usabilidade e acessibilidade.

O primerCOG disponibiliza um ambiente de treino cognitivo muito agradável e cativante. Antes de iniciar a execução de qualquer atividade, o utilizador tem acesso aos níveis de dificuldade disponíveis para cada atividade, e pode consultar os parâmetros que os caracterizam. Durante a execução o utilizador vai recebendo instruções do que deve ir fazendo. No final da execução da atividade o utilizador tem acesso à avaliação do seu desempenho.

A Cáritas Diocesana de Coimbra tem vindo a apostar na experimentação de novas tecnologias de apoio aos idosos que melhorem a sua qualidade de vida, sendo a prevenção das doenças degenerativas uma linha de atuação prioritária. Nesta área, foi testada na Cáritas de Coimbra a plataforma primerCOG, em utentes das valências de idosos do Centro Rainha Santa Isabel. Este tipo de projetos está alinhado com a preocupação da instituição em dar uma resposta adequada ao envelhecimento ativo, uma vez que as demências degenerativas são uma realidade que afeta um grande número de pessoas. O objetivo é trazer benefícios para o bem-estar psicológico dos seniores, ajudando-os a manterem-se ativos e reduzindo o desenvolvimento de demências.

Durante a aplicação do primerCOG na Cáritas Diocesana de Coimbra, que ocorreu depois de outras experiências anteriores em instituições de Coimbra e Lousã, foi possível verificar um excelente grau de aceitação por parte dos vários utilizadores, nomeadamente uma senhora de 94 anos que não tinha experiência anterior com sistemas informáticos, e constatar um número insignificante de dificuldades quer ao nível da compreensão quer ao nível da interação com o sistema. Todos os seniores envolvidos neste piloto de utilização do primerCOG afirmaram que raramente sentiram dificuldade em ler os conteúdos e consideraram as diversas funcionalidades das atividades “adequadas” ou “muito adequadas”.

Estamos perante um desenvolvimento feito a pensar nos utilizadores pelo que, através do seu alto nível de usabilidade, se espera que esta plataforma, com uma fundamentação científica sólida, possa ter efeitos reais no envelhecimento bem-sucedido de todos. Com a colaboração de todos os que sintam que podem contribuir positivamente nesta área teremos uma plataforma primerCOG de referência, nacional e internacional”, concluiu José Carlos Teixeira.